quinta-feira, 22 de setembro de 2011

UNOPAR é destaque no Guia do Estudante



Quatro cursos da Unopar vão aparecer com quatro estrelas na edição 2011 do Guia do Estudante – Melhores Universidades, publicação da Editora Abril que chega às bancas no próximo dia 6 de Outubro. Administração (Londrina), Educação Física (Londrina), Nutrição e Fisioterapia foram considerados “muito bons”. O curso de Fisioterapia merece destaque por manter esta pontuação há três anos consecutivos. Outros quatorze cursos receberam três estrelas, conceito “bom”. São eles: Administração (Arapongas), Ciências Aeronáuticas, Ciências Contábeis (Londrina), Desenho Industrial, Direito (Londrina), Direito (Arapongas), Direito (Bandeirantes), Educação Física (Arapongas), Engenharia da Computação, Publicidade e Propaganda (Arapongas), Publicidade e Propaganda (Londrina), Medicina Veterinária (Arapongas), Pedagogia (Londrina), Turismo e Hotelaria.
Para o professor Hélio Rodolfo Navarro, vice-reitor da Unopar, o resultado mostrado pelo Guia do Estudante é muito positivo. “Nos últimos quatro anos o desempenho dos nossos cursos vem crescendo”. Isso demonstra que o trabalho que vem sendo desenvolvido está gerando frutos. O fato de termos 18 cursos no rol dos estrelados já demonstra o diferencial de qualidade dos cursos da Unopar e qual é a formação superior que estamos oferecendo à sociedade”.
Para os alunos, o Guia é um referencial importante: “Essa avaliação também significa uma segurança na hora de escolher uma instituição e um curso que garantam uma sólida formação, o que é essencial para que ele venha se inserir no mercado de trabalho”, diz Navarro.
O vice-reitor lembra que todos os cursos que receberam estrelas também tiveram desempenhos positivos no Enade. “Na verdade, as estrelas vêm somar com outros processos de avaliação realizados pelo Ministério da Educação que ratificam a qualidade do nosso trabalho e evidenciam o investimento feito em infraestrutura e corpo docente, além da qualidade do Projeto Pedagógico dos nossos cursos. É mais um mérito”.
A pontuação do Guia é publicada há quase 20 anos e avalia cursos presenciais de graduação (bacharelado e licenciatura) das melhores universidades do País. Entre os critérios utilizados estão carga horária (teórica e prática), infraestrutura, relação entre o curso e o mercado de trabalho e a titulação e produção do corpo docente.